N.A.F.

O Núcleo de Apoio a Família tem como objetivo apoiar emocionalmente, espiritualmente e fisicamente a sociedade.

Oferecemos: 

Aconselhamento Pastoral, acompanhamento individual, Casal e familiar, em busca de uma reestruturação emocional e espiritual.

 

 

Mãos do Oleiro

 

Tem como objetivo proporcionar oficinas com atividades que possam ser uma alternativa financeira, recreativa e inclusiva da sociedade. Patchwork, Crochê e  Tricô  são algumas de nossas atividades.

Desperta Débora

 

Quem são as  Déboras?

É um ministério interdenominacional, são mães intercessoras, biológicas, adotivas ou espirituais, de qualquer denominação, comprometidas a orar diariamente por seus filhos e pela juventude, por no mínimo 15 minutos diários.
 

Hoje já são mais de 100.000 mães cadastradas em todo o território brasileiro e até no exterior. O nome Desperta Débora veio da leitura de Juízes 5: 7-12. Débora foi uma juíza que se levantou como mãe para defender Israel – sua nação. Neste texto ela desafia a si mesma dizendo: “Desperta Débora, desperta, acorda!”

Alvos de orações

 A conversão dos filhos

A restauração dos que estão desviados dentro e fora das igrejas. O despertamento missionário de jovens. Um compromisso missionário para o resto de suas vidas, se tornando um “Jovem, geração compromisso”, um missionário na sua escola, em outra cultura, um (a) pastor (a), um fazedor de tendas (aqueles que tiram o sustento do próprio trabalho), e/ou um mantenedor de missões.

Um avivamento das escolas e nas universidades, local onde os jovens passam a maior parte do dia, e onde há grande influência de vícios, materialismo e mensagens anticristãs em geral.

 

Filhos no mundo e não do mundo

O que Deus espera de nós pais ao criar nossos filhos? Que princípios devem ser adotados para cumprimento dessa difícil missão? Que pai temente a Deus nunca se fez essas perguntas? Trata-se de uma das maiores questões da vida: a criação de filhos. É certo que vamos prestar contas a Deus por cada vida a nós confiada, especialmente a de nossos filhos.

 

PRINCÍPIOS 
Ao criar filhos lidamos com um turbilhão de situações onde é preciso decidir entre agir com o coração ou com a razão, dar carinho ou aplicar correções, de modo que nossos filhos se tornem pessoas decentes para o
mundo em que vivemos. Nesse caso, como saber a hora certa e como agir com nossos filhos nas
variadas situações que surgem no dia-a-dia. Como contribuir ao mesmo tempo com o desenvolvimento espiritual, emocional e intelectual da criança.
Lidamos com muitas situações adversas e quando achamos que estamos “experts” eles entram na adolescência. Tudo muda e é como se estivéssemos entrando na estaca zero. Como lidar com essa explosão de mudanças?

 


Princípios! Esta é a resposta. Tentar resolver cada situação sem nenhum tipo de critério vai acabando enlouquecendo. Quando vivemos em torno de princípios fica mais fácil saber como agir diante das mais diversas situações da vida, incluindo as situações ligadas a educação dos filhos. É necessário seguir critérios na educação de nossos filhos. Estes princípios devem ter origem obviamente na Palavra de Deus. Nós pais, ouvimos tantas opiniões sobre criação de filhos que, se tentássemos agradar a todos, acabaríamos criando uma aberração dentro e nossa casa. Precisamos parar de dar ouvidos a essa multidão de vozes e
nos concentrar nos padrões que a Bíblia tem para a educação de nossos  Curso de Educação de Filhos 5 COEFAC filhos. Os conselhos que ouvimos sobre a criação de filhos são extremamente turbulentos. Com a mesma convicção de sempre, todos os dias os psicólogos dizem algo novo e diferente do que disseram há alguns poucos anos atrás. 

 

Sacerdotes

A mente humana é uma espécie de sistema lógico, que funciona à semelhança de um circuito de computador. Ela produz padrões de comportamento, conduta, um “circuito” de reações, uma rede de deduções, tudo de acordo com as imagens gravadas no circuito.

 

  • A imagem não é apenas uma questão superficial, de fachada ou de aparência; é bem mais que isso.

  • A imagem influencia as decisões que tomamos a cada passo.

  • A imagem pode determinar o futuro de um individuo.

 

 Diz a Bíblia que “como o homem imagina em sua alma, assim ele é”.  Poderíamos parafrasear esse texto dizendo:

“As decisões que cada pessoa toma na vida estão de acordo com as imagens      que tem em seu coração”

Como é, então, que nós, homens de Deus, vamos encarar a questão da imagem em sua relação com nossa vida espiritual? E qual a melhor maneira de nos ajustarmos a imagem correta, e, ao mesmo tempo, resistir à do mundo?

Quando a Bíblia diz, em Genesis 1:27, “criou Deus, pois, o homem a sua imagem”, esse conceito passa a ser extremamente espiritual. Precisamos pois, considera-lo e compreende-lo. A Bíblia deixa bem claro que a ideia de imagem, não consiste apenas em causar uma boa impressão aos outros, nem em usar certos trajes ou determinadas marcas. Vai além de uma simples fachada de respeitabilidade, como se o fato de alguém ser bem visto pela sociedade significasse caráter ou conteúdo de sua personalidade.

A imagem tem a ver com:

  • Semelhança e identificação

  • Conduta prática

  • Dinâmica de decisões

Portanto, a imagem é:

  • Identidade

  • Caráter

  • O rumo da própria existência.

Vamos analisar aqui, varias forças que desfiguram a imagem que Deus pretendia que o homem tivesse.

Curso ministrado em 7 semanas –

Quer saber mais...entre em contato conosco.

 

Libertação  Financeira

Deus efetivamente já nos abençoou, porém muitas vezes estamos presos em situações que nos afastam  de tudo aquilo que temos direito.  A palavra  dinheiro aparece 2085  vezes na bíblia, mais vezes que Fe  e  Salvação, isso nos mostra o quanto Deus sabe da a importância que damos as finanças. Portanto precisamos aprender os princípios  bíblicos  que podem nos libertar se aplicarmos corretamente em nossas vidas.​

©  Direitos Reservados à COEFAC | Comunidade Evangélica Famílias em Cristo

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Rua Victorio Santim, 625 | Itaquera - São Paulo, SP